domingo, 1 de fevereiro de 2015

Metas para 2015

É minha gente, enquanto eu não pego as chaves do novo apê venho falar das minhas metas para 2015.
Esse ano não fiz nenhuma meta louca, pois no ano passado não cumpri quase nada (Que coisa feia!!!), mas cumpri a principal comprando o novo apê (só falta morar nele kkk). Vamos lá:

1) Planejamento Financeiro
Em um dia a tarde, sem luz, aproveitei pra ler o livro "Casais Inteligentes, Enriquem Juntos", e com ele refleti sobre algumas coisas. Percebi que consegui economizar um pouco de dindin, mas sem planejamento nenhum, o que ele chama de "Desligada". Ah, não gostei desse denominação, mas me identifiquei com ela... Então, mas a obra para mudar isso em mim... Criei uma planilha onde coloco as despesas x Receitas x Investimentos e estou orgulhosa de mim.

2) Cozinhar Melhor e Coisas Novas
Minha mãe cozinha muitoooo bem, entretanto, ela não sabe ensinar, não passa receitas, não deixa ninguém entrar na cozinha dela. Se eu ligar e falar que estou com vontade de comer algo, ela vai correr pra fazer, mas ensinar NUNCA. Diz que só sabe fazer "de olho".
Além disso, no começo do casamento, sem saber cozinhar bem, marido levava comida pro trabalho. Imagina, peguei ódio de cozinhar.
Então, meta para 2015 é pegar receitas deliciosas na internet e faze-las no final de semana. Cada fim de semana algo diferente. Até agora, estou cumprindo direitinho e achando muito legal.

3) Curtir a vida
Eu sou caseira e maridinho também. Nos sentimos muito bem em casa, assistindo um filminho no final da tarde, nos curtindo e no verão indo na piscina do prédio. Mas também é legal fazer programas culturais como teatro, cinema, shows etc.
Ta complicado, porque esses programas estão muito caros. Um show básico, custa R$ 200,00 ou mais. Ir em exposição é um desafio de paciências com horas na fila pra entrar, estou louca pra ir na exposição "Ron Mueck" na pinacoteca, mas esta me faltando coragem.
Então, me colocarei o desafio de ir em um programa cultura no mês, pelo menos.
Para fechar janeiro, fomos assistir uma peça "Dez Encontros" com a Tânia Khalill, mas... não foi muito o meu estilo.

4) Viagem internacional
Se Deus quiser quero fazer uma viagem internacional esse ano. Ainda não tenho o destino definido, tenho alguns lugares em mente, mas nada decidido. Principal fator: dólar muito alto, assim, uma viagem pra América do Sul fica mais barato e não deixa de ser internacional, né.

5) Começar a dirigir
É eu sei, vergonha na cara. Tenho carta a quase 10 anos. Passei de primeira e como dizem na "raça", mas até hoje não tive coragem pra começar a dirigir.
Sabe o que falta: arriscar. Não querer ser a melhor motorista do planeta. Saber que o começo não será fácil, mas com a prática, dirigir será algo natural assim como falar e andar.
Ufa... meta desafiadora...

6) Começar um curso de dança de salão
Já vi uma escola que parece ser boa em um bairro vizinho. Acho que depois do carnaval, eu e maridinho começaremos. Aprendemos a dançar e ao mesmo tempo nos exercitamos e emagrecemos (em especial eu).

7) Concurso/ inglês/curso de aperfeiçoamento/pós-graduação
Estou precisando tomar um novo rumo na minha vida profissional, mas infelizmente não sei como nem o que. Quem sabe prestar um concurso!?!? Ou talvez fazer um curso profissionalizante bem legal. Ainda não sei. Estou confusa. Preciso amadurecer as ideias.

Tenho mais 1 meta (do casal) que posso falar mais pra frente.

Outra meta, acho que todo mundo de São Paulo, fará de tudo pra cumprir, é a economia de água e luz, né. O governo esta demorando pra tomar atitudes, mas a população tem que arregaçar as mangas e correr contra o tempo. Os banhos estão mais rápidos, roupas lavadas com máximo de economia e aparelhos em stand by ligados na tomada nem pensar.
Infelizmente com um apartamento tão pequeno não tenho possibilidade de aproveitar a água da máquina de lavar (não tenho onde armazenar), mas no restante, vamos que vamos.

Tenho certeza que 2015 será promissor e especial...
(Se Deus quiser...)

6 comentários:

  1. Oi Adriana!

    Esse ano também me propus poucas metas para não me sentir insatisfeita...e a tal "emagracer x quilos" permanece, mas de uma maneira mais real. A principal é fazer algum tipo de exercício, mas sem academia. Vamos ver se consigo.
    Acho bom estabelecer metas, assim a gente não perde tanto "a mão'.
    Espero que você realize as suas!

    beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  2. Oi Dri... tenho certeza que conseguirá cumprir suas metas, mas sempre tente se lembrar delas para nao cair no esquecimento rs. AHHh e tire carteira sim heim, rs
    bjos querida

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelas metas. É importante planejar-se. Me identifiquei muito com a meta de dirigir, também sofro do mesmo mal kkkk fazem dois anos que não dirijo para o centro, dirijo apenas no meu bairro. Esse ano será de muitas conquistas a todos nós. Feliz 2015. Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Tirando a parte do planejamento financeiro (sou mão de vaca master), somos iguaizinhas! rsrs
    Não curto cozinhar mas gostaria de saber fazer umas coisinhas a mais fora o arroz e feijão.
    Dei entrada para tirar o passaporte na semana passada, mas com o dolar nesse valor, os planos de ir para o Canadá ainda não estão concretos.
    E dirigir? OMG! Tirei a carta também tem uns 10 anos e depois não conseguia pegar um carro com medo de bater, atropelar alguém, etc! Paguei umas aulas particulares ano passado mas ainda não me sinto confiante. E pior, andando de busão, tendo um carro na garagem. Para tudo né? Temos que resolver isso esse ano por favor! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Tirando a parte da organização financeira também rsrsrsrs ( pois como já estou no meio da construção, nem que eu quisesse eu conseguiria gastar a toa kkkkkk) o resto somos igualzinhas!!!!!! Pareçe que eu que escrevi...acabei de te conhecer e já gostei rs
    www.papoterapia.com

    ResponderExcluir